sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Comemorados em 2017, 500 anos da Reforma Protestante são tema de conferência em Natal

Os 500 anos da Reforma Protestante, comemorada neste mês de outubro em todo o mundo, são tema de uma conferência que começa nesta sexta-feira (13), em Natal. O evento vai reunir pastores, professores e cristãos em geral interessados em conhecer essa história e debater as heranças deixadas pelo movimento religioso às igrejas cristãs.

O Brasil tem mais de 42 milhões de evangélicos, cujas igrejas surgiram da Reforma Protestante, de acordo com o IBGE. Somente em Natal, cerca de 20% da população professa ser evangélica.

A reforma é comemorada neste mês porque foi no dia 31 de outubro de 1517 que o monge Martinho Lutero pregou 95 teses teológicas na porta da Catedral de Wittemberg, na Alemanha. O ato marcou o início do movimento que ficou conhecido no mundo inteiro como Reforma Protestante e gerou transformações em doutrinas que duram até hoje.

Por causa da data comemorativa, a organização da 1ª Conferência Koinonia Jovem escolheu o tema “500 anos anos da Reforma Protestante - mandamentos e princípios” para o evento que começa nesta sexta-feira (13) e também vai durar todo o sábado (14). Além das palestras, haverá uma mesa redonda com pastores, historiadores e pesquisadores. O evento acontece no Lainas Place Hotal, no bairro Ponta Negra, Zona Sul de Natal e as inscrições custam R$ 60.

Doutrinas reformadas

Para o pastor Roque Albuquerque, da Igreja Batista do Calvário de Fortaleza (CE), apesar de ter mudado principalmente doutrinas e práticas religiosas, a Reforma teve muitas outras motivações. “Foram, por exemplo, razões geográficas e econômicas que fizeram com que as Nações Estado quisessem se libertar do domínio do imperialismo religioso católico. Também tem a causa moral, a devassidão, a maneira como muitos bispos e padres se conduziam em concubinatos e corrupção generalizada. Fatores que vão do social ao teológico, como a venda de indulgências”, explica.

 Palestrante principal do evento, pastor Roque é considerado uma das maiores autoridades do país no assunto. Doutor em Estudos da Linguagem e Filosofia, além de ser pós-doutorando pela Universidade de Minnesota (EUA), ele afirma que, para além das várias razões da reforma, pretende discutir trechos bíblicos e as mudanças mais marcantes provocadas por esse movimento de retorno às doutrinas ensinadas pelos apóstolos de Jesus Cristo no Novo Testamento.

“Para mim, um dos mais importantes é o sacerdócio de todos os crentes. Isso tem um grande impacto no mundo”, comenta o palestrante. A partir dessa perspectiva, o homem passa a não depender de uma instituição ou um líder espiritual para ter comunhão direta com Deus, sendo Jesus o único intermediador entre Deus e o ser humano.

“Esperamos que esse encontro possa acrescentar na edificação e no desenvolvimento da maturidade das igrejas, não apenas do solo potiguar, mas também dos nossos estados vizinhos e do Brasil inteiro”, afirma Ciro Peixoto, um dos coordenadores do Koinonia. Ele explica que as programações de 2018 e 2019 já estão em fase de conclusão para que as pessoas possam garantir espaço na agenda com antecedência.

Serviço

O quê: Conferência Koinonia Jovem: 500 anos da Reforma Protestante - mandamentos e princípios
Quando: Sexta (13), a partir das 19h; e sábado (14), a partir das 8h30. 
Onde: Lainas Place Hotel, Rua Pedro Fonseca Filho, 9028, Ponta Negra, Natal/RN
Inscrições: no local
Valor: R$ 60

FONTE: G1

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Revista Ênfase Cristã Disponível Para Download

A Revista Ênfase Cristã com edição mais recente, encontra-se disponível para download através do link abaixo:
https://goo.gl/WELy6H

Para visualizar o periódico on-line, acessar:
https://goo.gl/p6dbBi

Histórico:
Desde julho de 2015 encontra-se disponível online a Revista Ênfase Cristã. A mesma aborda diversos assuntos que relacionam o cristão nos temas: Igreja, História, Pedagogia, Música, Missões e Perfis/Entrevistas.
O periódico tem como editor o Pr. Charles Bronson Aquino do Nascimento, da Igreja Batista Regular Central de Mossoró. E conta com o apoio de especialistas e outros colaboradores dos temas acima.

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Filme "Até o Último Homem"

Ótimo filme.
Mostra o comportamento de um Cristão em plena guerra.
Os Cristãos devem ou não usar armas?
O filme relata um excelente testemunho de um soldado crente e mostra o poder de Deus agindo através dele na guerra, salvando várias outras pessoas.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Revista Ênfase Cristã

Desde julho de 2015 encontra-se disponível online a Revista Ênfase Cristã. A mesma aborda diversos assuntos que relacionam o cristão nos temas: Igreja, História, Pedagogia, Música, Missões e Perfis/Entrevistas.
O periódico tem como editor o Pr. Charles Bronson Aquino do Nascimento, da Igreja Batista Regular Central de Mossoró. E conta com o apoio de especialistas de outros colaboradores dos temas acima na publicação do periódico.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Como é a vida de um adolescente na Síria?

A Síria, país que ocupa a 4ª colocação na Classificação da Perseguição Religiosa 2015, tem enfrentado uma devastadora guerra civil há mais de quatro anos e a violência está tomando conta de tudo, afetando todas as áreas da vida da população síria
28_Siria_Oxfam
Samuel é líder de uma igreja em Aleppo, uma cidade no norte da Síria, não muito longe da fronteira com a Turquia. Ele se reuniu com adolescentes de sua cidade para perguntar a eles como estavam lidando com a guerra e como eram suas vidas no dia a dia. O grupo era composto por Abel*, Dani* e Josh*.
Como é um dia normal pra vocês?A: Chato. As coisas não fazem nenhum sentido. Todo dia é o mesmo tédio de sempre. Não há nada para fazer por nós e não há lugar para ir a não ser para a escola - se a situação permite. Não há nada além, nada de novo.
O que assusta vocês?
J: Bombas e foguetes.
D: A morte súbita de bombardeios e foguetes.
A: Para ser ferido de explosões e tem que ficar na cama. Eu me preocupo com a morte de minha família, de bombardeios e, em seguida, ficar sozinho. Além disso, a escuridão.
Quais são seus planos para o futuro?
D: Estudar e cursar uma pós-graduação na universidade e, em seguida, encontrar um emprego para trabalhar e ganhar a vida em um país pacífico.
A: Eu gostaria de continuar meus estudos em um país ocidental, para ter uma vida melhor. Além disso, eu gostaria de ter meu próprio negócio.
Qual é o seu sonho?
D: Ver a paz na nossa cidade. Realmente, eu gostaria de viver em país pacífico, onde não há guerra. Estamos cansados da guerra e da situação instável; queremos ir a um país seguro.
J: Eu sonho em ter um amigo fiel e uma vida alegre cheia de emoção.
Onde Deus está em sua vida?
A: Sinto Deus comigo na maior parte do tempo. Através dos milagres vemos que ele está nos protegendo. Mas eu tenho perguntas: o que acontece com aqueles que estão morrendo ou ficando feridos por causa de foguetes? Onde está Deus para eles?
O que vocês fariam se eu desse pra vocês 50 euros (aproximadamente R$150)?
J: Eu iria salvar metade, porque estamos em uma situação de guerra e nós não sabemos o que vai acontecer. Gostaria de tentar ajudar as crianças muito pobres.
D: Eu ia comprar algumas coisas novas pessoais e talvez eu daria uma parte do dinheiro para a igreja, para que eles para ajudar os necessitados.
Pedidos de oração
  • Peça a Deus pela segurança desses adolescentes e suas famílias que vivem em um futuro extremamente incerto. 
  • Clame para que a igreja local seja testemunho vivo do amor de Jesus para que muitos venham a conhecer a verdadeira esperança.
  • Suplique a Deus pelo fim da guerra e da violência na Síria.
*Nomes foram alterados por motivos de segurança.
FontePortas Abertas Internacional
TraduçãoVivian Coutinho

FONTE:
PORTAS ABERTAS. Como é a vida de um adolescente na Síria? 2015. Disponível em: https://www.portasabertas.org.br/noticias/2015/05/como_e_a_vida_de_um_adolescente_na_siria>. Acesso em: 28 maio 2015.

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Provas da Ressurreição de Jesus

O Pastor José Soares da Igreja Batista Fundamentalista de Santa Cruz/RN publicará uma série de vídeos com a mensagem da palavra de Deus. Nesta semana , dia 02 de abril, foi publicado a segunda mensagem com o título "Provas da ressurreição de Jesus".

sábado, 4 de abril de 2015

Significado da Páscoa

O Pastor José Soares da Igreja Batista Fundamentalista de Santa Cruz/RN publicará uma série de vídeos com a mensagem da palavra de Deus. Nesta semana , dia 02 de abril, foi publicado a segunda mensagem com o título "Desvendando a Páscoa"
 

terça-feira, 31 de março de 2015

Certeza de Vida Eterna - Vídeo Abertura

O Pastor José Soares da Igreja Batista Fundamentalista de Santa Cruz/RN publicará uma série de vídeos com a mensagem da palavra de Deus. Nesta semana , dia 26 de março, foi publicado a primeira mensagem com o título "Certeza da Vida Eterna". De acordo com o Pastor será publicado uma mensagem por semana no seu canal do Youtube.


quarta-feira, 4 de março de 2015

Livro "Sua voz ecoa nas selvas"


O livro "sua voz ecoa nas selvas" de Sophia Muller tem uma história real linda de uma missionária que deixa sua vida na cidade e vai até a selva pregar a palavra de Deus para os índios. Vale a pena a leitura!

Por volta de 1949 a missionária Sophia Müller acabou atravessando, sem saber, a fronteira entre Colômbia e Brasil em uma pequena e insegura embarcação.
O que parecia ser um erro de direção pelas águas perigosas dos rios Negro e Içana se tornou o caminho para um dos trabalhos missionários mais consistentes realizados na Amazônia Brasileira.
Esses fatos foram reconhecidos inclusive no meio secular.
O fotojornalista Pedro Martinelli, em seu livro Amazônia: O Povo das Águas, diz que os indígenas do Alto Rio Negro e do rio Içana “têm título de eleitor e altíssimo índice de alfabetização em algumas aldeias chega a 95%”.
Chama a sua atenção o fato de as comunidades indígenas evangélicas serem muito organizadas e não sofrerem com o alcoolismo. Sophia Müller faleceu em 1997, na Venezuela, deixando milhares de indígenas convertidos nas etnias em que pregou o evangelho.
A presença evangélica é forte nesses lugares. Prova disso são as conferências que os pastores indígenas realizam de dois em dois meses, que duram cerca de uma semana e reúnem centenas de comunidades. Lá, eles cantam, dançam, estudam a Bíblia e contam testemunhos do cuidado de Deus.

Fonte: Missão Novas Tribos do Brasil.